USP tem 351 vagas para transferência externa; pedido de redução da taxa vai até 5 de julho

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Redução de 50% ou 100% do valor da taxa de inscrição pode ser solicitada conforme renda familiar; há vagas para transferência em cursos nas áreas de Biológicas, Exatas e Humanas

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), responsável pelo exame de transferência para cursos da USP, está recebendo até as 12h do próximo dia 5 de julho pedidos para redução de 50% ou 100% do valor da taxa de inscrição para o processo seletivo. Este ano vão ser preenchidas 351 vagas, sendo 45 vagas em cursos de Biológicas, 248 em Exatas e 58 em Humanidades (confira a lista abaixo).

Para realizar o pedido de redução, o candidato precisa ser estudante regularmente matriculado ou com matrícula trancada em curso superior, em nível de graduação, no ano de 2021. Para a concessão de 50% de redução da taxa de inscrição, o candidato deverá comprovar a renda individual bruta mensal entre R$ 1.163,55 e R$ 2.327,09. Já para a concessão de 100% de redução da taxa de inscrição, o candidato deverá comprovar a renda individual bruta mensal de até R$ 1.163,54 ou a condição de desempregado.

Além dos documentos pessoais, para efeito de comprovação da condição de estudante, o candidato deverá anexar no site da Fuvest cópia de declaração de matrícula ou trancamento de matrícula, além de demais documentos comprobatórios. O resultado das solicitações de redução de taxa de inscrição será disponibilizado no dia 12 de julho. Na mesma data, têm início as inscrições com taxa de R$ 185,00 para a realização do exame, que vão até 30 de julho.

Podem participar do processo de transferência da USP os alunos regularmente matriculados, no ano de 2021, em cursos de graduação de qualquer instituição de ensino superior, inclusive da USP, exceto para graduandos de cursos sequenciais e de curta duração. Alunos com matrícula trancada poderão participar mas, se forem aprovados, deverão estar regularmente matriculados na escola de origem, para efetivar a transferência.


Leia matéria completa no Jornal da USP.

Fechar Menu