Fuvest 2018: USP oferece 182 opções de cursos para candidatos

Os estudantes que se inscreverem para o vestibular da USP 2018, organizado pela Fuvest, terão 182 opções de cursos para escolher. Lembrando que a Universidade considera cursos oferecidos em períodos distintos como cursos diferentes. Neste ano, há algumas novidades, como a inclusão de duas novas graduações: Medicina, em Bauru, e Biotecnologia, em São Paulo.

Quem pretende cursar Medicina poderá concorrer a uma vaga na primeira turma da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Serão 60 vagas, 42 delas via Fuvest e 18 por meio da prova do Enem/Sisu. Os alunos terão à disposição a estrutura do Centrinho, como é conhecido o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais. O local é referência mundial no tratamento de fissuras labiopalatinas, anomalias congênitas do crânio e da face, síndromes associadas a essas malformações e distúrbios da audição.

Biotecnologia

A Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), unidade da USP localizada na zona leste de São Paulo, terá, a partir de 2018, o curso de graduação em Biotecnologia.

O profissional deverá dominar múltiplas áreas do conhecimento, como biologia e química, mas também propriedade intelectual, assuntos regulatórios e gestão de bionegócios. A formação interdisciplinar busca preparar os estudantes para o desenvolvimento de atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação nas áreas de biotecnologia da saúde e da agroindústria. Serão oferecidas 60 vagas, no período diurno, dessas, 42 para a Fuvest e 18 serão para o Sisu.

Música

Os candidatos ao curso de Música da USP poderão estudar mais um instrumento, o clarone. Ainda pouco conhecido no País, ele também é conhecido como clarinete baixo. O curso é o único do gênero oferecido na América Latina.

Quem se interessar pelo clarone precisa escolher o Bacharelado em Música com Habilitação em Instrumento de Sopro oferecido pela Escola de Comunicações e Artes (ECA), em São Paulo. O aluno fará a escolha da ênfase em clarone no momento da matrícula na Universidade. O curso de Música é oferecido apenas pela Fuvest.

Relações Públicas

Até o último vestibular, Relações Públicas era uma habilitação do curso de Comunicação Social da Escola de Comunicações e Artes (ECA). Agora, passa a se chamar Bacharelado em Relações Públicas. A mudança não é apenas no nome: houve uma reforma curricular, adequando a grade às Diretrizes Curriculares Nacionais do curso.

O novo currículo também terá uma carga obrigatória de atividades complementares, que são práticas acadêmicas que ampliam a formação pedagógica do curso, e prevê ainda o estágio supervisionado.

Sistemas de Informação e Biblioteconomia

O Bacharelado em Sistemas de Informação, curso do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), em São Carlos, passou de 40 para 50 vagas.

O Bacharelado em Biblioteconomia, oferecido pela Escola de Comunicações e Artes (ECA), passou de 15 para 20 vagas – a mudança é para o período matutino, equiparando o número de vagas oferecidas no período noturno.

Audiovisual

Quem prestar o vestibular para o Curso Superior do Audiovisual não vai precisar realizar a prova de habilidade específica. Até o vestibular passado, o exame era obrigatório.

Para conhecer todos os cursos oferecidos pela USP, acesse o Manual do Candidato da Fuvest. A inscrição deverá ser feita até as 23h59 do dia 11 de setembro, exclusivamente neste site. A taxa de inscrição é de R$ 170,00 e deve ser paga antes do término do expediente bancário no dia 12 de setembro.

A primeira fase das provas será no dia 26 de novembro, a segunda fase ocorre entre os dias 7 e 9 de janeiro de 2018. Haverá ainda provas específicas para os cursos de Artes Visuais, Artes Cênicas, Música – São Paulo e Música – Ribeirão Preto. A lista de aprovados na primeira chamada será divulgada no dia 2 de fevereiro de 2018. O calendário completo está disponível neste link.

Com informações do Jornal da USP

Redação Author